segunda-feira, 8 de março de 2021

Deixe-me ser uma mulher...


Oi, garotas, como estão? Apareci aqui, mesmo depois de uma longa pausa, por que não poderia deixar passar essa data de hoje - 08 de março- sem publicar algo pra vocês. Então compartilho aqui esse belíssimo texto. Ah, se gostarem vão lá conhecer o blog Teologia e Feminilidade em que me inspirei, creio que vocês vão gostar. Então sem mais delongas, bora pro texto. 


 Let me be a woman: Deixe-me ser uma mulher. Esse é o título de um dos livros de Elisabeth Elliot, escrito em 1976, com o qual ela presenteou Valerie, sua única filha, no dia do seu casamento. Eu não conheço o livro na íntegra, apenas algumas partes, mas o suficiente para ficar encantada com os ensinamentos em defesa da feminilidade bíblica e o incentivo a buscar ser uma mulher, conforme foi intencionado por Deus aos nos criar. Com a frase “Deixe-me ser uma mulher”, Elisabeth se opõe ao Igualitarismo que é defendido pelo Feminismo Evangélico.


Em uma parte do livro, nossa amada missionária que há pouco mais de um ano atravessou os “Portais do Esplendor”, questiona como seria o nosso mundo se Eva tivesse se contentado em ser o que ela foi criada para ser – Uma mulher.

A citação é mais ou menos assim:

 "Que tipo de mundo seria o nosso, se Eva tivesse recusado a oferta da serpente? Se tivesse dito-lhe: "Deixe-me não ser como Deus. Deixe-me ser o que fui feita para ser. Deixe-me ser uma mulher.”’

Quando li essa citação, fiquei pensando em todas as ofertas que a serpente continua a nos fazer. Ela sugere que nós podemos e devemos ser tudo, menos aquilo que Deus nos criou para ser. Às vezes ela sussurra outras, no entanto, grita com agressividade:

“Seja o que você quiser ser!”

“Quem manda na sua vida é você!”

“Seu corpo, sua regras!”

“Siga seu coração!”

Quem de nós, nunca ouviu essas frases tão sedutoras?

Entretanto, quais respostas temos dado a elas?

Não sejamos como Eva, pois a Bíblia nos mostra a tragédia que seguiu-se à tolice que ela cometeu em dialogar e aceitar a oferta de ser “independente” de Deus. Precisamos dar respostas teocêntricas a essas ofertas antropocêntricas. Por isso, quando a ética social vigente – o feminismo, nos pressionar dizendo:

“Seja o que você quiser ser!”, digamos: Jesus disse: “Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me” (Mateus 16:24).

“Quem manda na sua vida é você!”, repliquemos: "Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.” (Gálatas 2:20)

“Seu corpo, suas regras!”, que distância do que a Bíblia ensina: “Não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus. (1 Coríntios 6:19,20)

 “Siga seu o coração!”: “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o poderá conhecer?” (Jeremias 17:9).

Devemos seguir a Palavra de Deus, não o nosso coração: “Ganho entendimento por meio dos teus preceitos; por isso odeio todo caminho de falsidade. A tua palavra é lâmpada que ilumina os meus passos e luz que clareia o meu caminho” (Salmo 119:104,105).

Eu já decidi! Quero ser uma mulher segundo o padrão do meu Deus. Então, parem de me importunar com essa história de feminismo, pois eu já fiz minha escolha.

Deixe-me ser feminina;

Deixe-me não ser homem;

Deixe-me ser o que fui criada para ser;

Deixe-me ser uma mulher segundo o que isso significa para Deus.

Feliz dia da Mulher! Que sejamos todos os dias aquelas que o Pai nos chamou para ser!
"A beleza é enganosa, e a formosura é passageira; mas a mulher que teme ao Senhor será elogiada."
Provérbios 31:30
Graças e paz. Fiquem com Deus e até breve!😘😘
Instagram: @crista.princesa21
LEIA MAIS

quinta-feira, 12 de novembro de 2020

Não se case antes de estar segura em Cristo

 




Olá meninas, como vão vocês? Espero que bem em nome de Jesus. Eu sei que sumi algumas semanas e reconheço que não foi por que eu quis, porém as vezes é bem tenso conciliar o blog com os demais afazeres que tenho e por não conseguir sentar e planejar bem o que vou escrever aqui, prefiro não postar só por postar. Enfim, após as explicações e pedido de desculpas feito, sem mais delongas, vamos ao post de hoje. Post esse com um tema muito pertinente e que com certeza vai te abençoar grandemente. Vamos nessa?

“Muitas noivas enquanto caminham pela nave da igreja dizem em segredo: ‘Salve-me, salve-me’. É o grito silencioso de um coração desesperado que está amando a ideia do amor, amando a esperança de que alguém vai amá-la tanto que irá finalmente sentir-se satisfeita consigo mesma. Mas antes que cometa um erro trágico, você deve aprender a arte de sentir-se aquecida sozinha!” [Jakes, T. D. A Dama, Seu Amado e Seu Senhor. São Paulo: Editora Mundo Cristão, 1999. ]

Isso nos faz refletir no que de fato significa “aprender a arte de sentir-se aquecida sozinha”. Primeiramente, podemos nos auto avaliar e perguntar: O que me deixa aquecida? São as coisas deste mundo ou são as eternas? Uma questão importante que devemos considerar é que, nenhuma de nós podemos nos sentir “aquecidas”, senão em Cristo Jesus. Os versículos 15 e 16 de  Romanos 8 podem nos esclarecer isso:

“Porque não recebestes o espírito de escravidão, para viverdes, outra vez, atemorizados, mas recebestes o espírito de adoção, baseados no qual clamamos: Aba, Pai. O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.”

A palavra “Aba” vem do aramaico, que expressa intimidade entre o filho e o pai.  Isso significa que o próprio Espírito Santo convence-nos de que fazemos parte da família de Deus. Esta expressão, “Aba Pai”, consiste na consciência convicta da adoção. Sobre isso, a Confissão de Fé de Westminster, capítulo XII, nos diz o seguinte:

“Todos os que são justificados, Deus se digna fazer participantes da graça da adoção em e por seu único Filho Jesus Cristo. Por essa graça eles são recebidos no número e gozam a liberdade e privilégios dos filhos de Deus, têm sobre si o nome dele, recebem o Espírito de adoção, têm acesso com ousadia, ao trono da graça e são habilitados a clamar: “Abba, Pai”; são tratados com  piedade, protegidos, providos e corrigidos por ele, como por um pai; nunca, porém, abandonados, mas selados para o dia de redenção, e recebem as promessas como herdeiros da eterna salvação”.

 Se uma pessoa não consegue crer que está segura nos braços do Pai, em Cristo Jesus, ela jamais irá sentir-se “aquecida”, nem sozinha, nem com o melhor esposo do mundo!

Devemos aprender a selecionar de forma sábia as prioridades em nossa vida, considerando que, aquilo com o que se gasta mais tempo é o que tem mais valor para você. Se você gasta mais tempo buscando um amor incondicional em alguém, está na hora de dar um basta!  Você precisa gastar mais tempo buscando as coisas do Reino de Deus.

Nenhum “grande amor” nos amará mais que o próprio Deus. Por isso, não devemos nos lançar aos braços de um homem, que também é um pecador, esperando que ele supra todas as nossas necessidades, especialmente as emocionais, mesmo que ele seja um exemplo de homem piedoso. Se fizermos isso seremos mulheres frustradas, pois o único que nos suprirá em imensa misericórdia é nosso Senhor.

“E, se Deus assim veste a erva que hoje está no campo e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé? Não pergunteis, pois, que haveis de comer, ou que haveis de beber, e não andeis inquietos. Porque as nações do mundo buscam todas essas coisas; mas vosso Pai sabe que precisais delas. Buscai antes o reino de Deus, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” (Lc 12.28-31)

Caso a sua resposta, referente a pergunta do início do texto, foi de que se sente aquecida com as coisas deste mundo, seja carreira profissional, bens materiais, etc., arrependa-se e busque o Senhor, em oração, para que Ele restaure a sua fé; e clame “Aba Pai”, assim como fez Jesus em Marcos 14.36.

O casamento não é um refúgio emocional, nem o lugar para sentir-se segura em si mesma. Portanto, antes de tomar a decisão de viver o resto de sua vida ao lado de um homem, o seu marido, com o propósito de glorificar a Deus, esteja segura em Cristo! Não há alicerce mais forte, não há amor maior que este!

Quando percebermos isso em nosso coração, jamais iremos nos refugiar no amor de um casamento, pois estaremos tão satisfeitas e seguras no Senhor, que não o esperaremos de nosso cônjuge, mas seremos provedoras do mais doce amor que um filho de Deus possa receber.

E aí, o que acharam do assunto de hoje? Compartilha aqui conosco o que você pensa a respeito desse assunto. 

Fiquem com Papai do céu e até mais se Ele permitir.

Siga-me no Instagram para me acompanhar mais de pertinho, posto coisas legais e edificantes diariamente  por lá. @crista.princesa21

Ou pelo link no card abaixo.

Post compartilhado do Blog jovem reformado

LEIA MAIS

quarta-feira, 30 de setembro de 2020

ORE POR SEU FUTURO CÔNJUGE, MESMO QUE VOCÊ AINDA NÃO O CONHEÇA!

 






Olá meninas, tudo bem? Bom, como eu sempre digo: "se não está bem, continue crendo, pois com Cristo no barco tudo ficará bem. Amém?" 

Então, no nosso papo de hoje decidir por  trazer algo que para mim é de muita relevância e que passou a ser parte da minha vida desde o momento em que eu parei para analisar a minha vida sentimental e infelizmente pude me ver magoada, frustrada e decepcionada com ela depois de ter  colecionando duas decepções amorosas e muito ressentimento por ter sido boba e ter acreditado, nas duas vezes, que estava vivendo um romance a maneira de Deus.

Após toda a decepção (a qual, espero um dia compartilhar aqui com vocês o quanto difícil passá-las), Deus me tocou a fazer algo. Orar pelo meu futuro marido! Isso mesmo, embora outrora eu achasse isso estranho, pois pensava: como vou ficar orando por alguém que eu sequer conheço? Isso é tão estranho... Não sei como fazer isso.. Como eu vou falar?

Esses foram alguns dos meus questionamentos e não vou dizer a vocês que todos eles foram sanados, mas o que posso dizer é que estou me adaptando, criando intimidade com o Pai para orar por isso sem o constrangimento do inicio e Deus têm me ensinado tanto. 

Tudo é questão de dar o primeiro passo. Por esse motivo, hoje quero te encorajar a tomar essa atitude, minha querida irmã. Não espere seu coração ficar em pedacinhos entregando ele a pessoas que não honrarão o compromisso de cuidar dele como deve ser. 

Enquanto oramos Deus nos fortalece a orar mais, a crer, a suportar o tempo de espera e a ter intimidade com Ele. Deus deseja nos dar o melhor em todas as áreas de nossas vidas, porém se não esperamos o momento oportuno e tomamos nossas decisões pautadas em nossos achismos, o fracasso é inevitável. 

 Leia esse pequeno texto do Júnior Meirelles do Ministério Namoro com Propósito acerca da importância dessa oração.

Mesmo que você ainda esteja sozinho e não conheça a pessoa com quem estará casado no futuro, ore por ela.

O futuro pode impedir você de ver a face, tocar e sentir o cheiro da pessoa que estará ao seu lado, mas não tem poder contra suas orações.

O que é a fé?

“A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem”. (Hebreus 11.1)
Orar por seu futuro cônjuge é exercitar sua fé, é colocar Deus no centro do relacionamento do início ao fim e criar expectativas naquilo que Deus pode fazer!
Quando for orar, peça a Deus que guarde seu futuro marido ou esposa.
Que ajude ele ou ela a tomar as melhores decisões.
Que seja alguém que viva intensamente sua experiência com Deus.
Que ame a Deus sobre todas as coisas.
Que venha para contribuir com sua vida e caminhada rumo ao céu.
E para que no tempo certo, nem antes nem depois, os caminhos de ambos tomem a mesma direção e vocês se encontrem. 
Ore também para que juntos vocês possam viver uma linda história e prometa que Ele (Deus) sempre será a base e a prioridade entre vocês.
Enquanto você ora por seu futuro cônjuge, aplique-se a ser a melhor pessoa possível e esteja disposto a fazer por ele(a) tudo o que gostaria que ele(a) fizesse por você.
Afinal, se você está orando e criando expectativas de que seu futuro marido ou esposa será um presente de Deus, você deve se preparar para ser um presente de Deus para essa pessoa.

Saiba que todos os planos de Deus são perfeitos e sua felicidade certamente faz parte desses planos.

Seu futuro casamento será lindo, se Deus estiver no centro de tudo.


Lembre-se sempre: Tudo o que você desejar para sua vida é uma gota perto do oceano de coisas que Deus pode fazer.  “Deus é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, segundo o poder que opera em nós” [Efésios 3:20]

Então princesas, não perca tempo querendo que a sua vontade seja feita, ORE e você será surpreendia com um homem de Deus na sua vida e ambos viverão uma linda história de amor escrita por Deus. Chega de decepções, chegou o tempo escondermos nossos corações com aquele que sabe cuidar mais que qualquer pessoa. Deus.


Fiquem com Papai do céu e até mais se Ele permitir.
Siga-me no Instagram para me acompanhar mais de pertinho, posto coisas legais e edificantes diariamente  por lá. @crista.princesa21
Ou pelo link no card abaixo.

LEIA MAIS

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Ser "cristão" tá na moda?

 




Olá meninas, tudo bem? Bom, como eu sempre digo "se não está bem, continue crendo, pois com Cristo no barco tudo ficará bem. Amém?" 

 “(…) nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências.” 2 Pedro 3.3 “E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.” Mateus 24.11.

    É nítido ver a onda de “cristãos” que têm surgido dia após dia. No sábado a foto é na balada, no domingo é no culto, e ninguém entende nada. De fato há, em contrapartida, o desejo e realização do avivamento do Poder de Deus nos últimos dias, mas em paralelismo a isso há a apostasia, cujo uma geração de pessoas entrou no modismo. Ir à igreja virou “rolê” para alguns, para outros é legal, mas não faz muito diferença… Enfim: o cristianismo virou moda!

    “Sabe, porém, isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos; pois os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a seus pais, ingratos, ímpios, sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando-lhe o poder.” 2 Timóteo 3:1-5

    O ditado popular de que as “aparências enganam” nunca fez tanto sentido como agora. Demonstram ser alguém, mas são totalmente o oposto daquilo, às vezes não enganam nem as pessoas que estão ao seu redor, e acham que estão enganando ou agradando a Deus. Ter discernimento é algo indispensável. As pessoas mostram o que elas querem que seja mostrado, mas o interior só Deus conhece. Vidas de aparências, um Jesus conhecido de ouvir falar. E é por isso que muitos têm perdido a alma. Deus está à porta e bate, quem quer abre, quem não quer…

    Estamos acostumados com o pecado, e isso nos acarreta a junção espiritual/carnal, cujo achamos que fazendo tudo o que ‘dá na telha’ viveremos também o sobrenatural de Deus. Temos dons e achamos que isso é sinal de intimidade, digo-lhes uma coisa: não é! Dom não leva ninguém para o céu. Existe uma linha tênue entre conhecê-lO e vivê-lO. Em qual quesito você está?

    Ir à igreja, falar dEle, postar isso ou aquilo não é sinônimo de comunhão. Ter uma vida de busca, de melhoramento diário, de arrependimento (sincero), de jejum, de exercício da fé isso sim é! Deus não vê como o homem vê, Ele olha pra dentro, Ele enxerga a verdade do coração. O que você mostra ser pode ser bem diferente do que você realmente é, e Deus sabe disso. Não adianta viver uma “vida perfeita” para os outros se a sua vida com Deus anda as ruínas. É claro que ninguém é perfeito ou santo, mas existem os que buscam santificação e é isso que agrada a Ele. Somos cheios de fraquezas, caímos, sofremos, choramos, mas em todas essas coisas Deus está ali nos observando, só pra ver a nossa reação diante àquilo. Se vamos adorar e buscar a face dEle ou gostar do erro e persistir. Lembre-se que Deus prova pra aprovar!

    Nosso maior testemunho não é o que falamos, mas sim o nosso viver. Somos observados o tempo todo, no modo de agir, de falar, em cada detalhe. A nossa maior ‘arma’ de convencer alguém a se entregar a Jesus é o modo pelo qual vivemos. Não temos a vida perfeita, mas temos o motivo perfeito para não desistir. As pessoas ao nosso redor observam nossa fé, conhecem nosso caráter. Não seja aquele “cristão” que as pessoas olham e dizem: “ser crente pra isso? Prefiro continuar assim mesmo”, tem algo pior do que ser pedra de tropeço na vida dos outros?

    Não busque a Ele porque “todo mundo faz”, não tente enganar a si mesmo. Busque-O pela necessidade que você tem nEle. Entregue-se. Ninguém serve a dois senhores; ou você vive pra Ele ou você não vive, simples, não existe meio termo. Não se acostume com a vida de vai e volta, uma semana serve na outra nem tanto, num dia a fé tá lá no auge no outro nem orar ora. Saia de cima do muro. Faça as escolhas certas. Renunciar e abrir mão dos “prazeres” não é fácil, mas a recompensa é bem maior.

    Andar em ruas de ouro, estar cercada de joias preciosas e poder abraçar Jesus sempre, o que vale mais que isso?

    “No entanto, não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois um vapor que aparece por um pouco, e logo se desvanece.”  Tiago 4:14

    Essa vida passa num piscar de olhos, aqui é como um jogo pra decidir onde iremos passar a nossa Eternidade. Temos oportunidades diárias, mas não sabemos quando será o nosso fim, seja ele a morte ou o arrebatamento. Ao fechar dos olhos não há mais nada que possamos fazer. Buscar a face dEle é preciso, com jejum, oração, obediência e VERDADE.

Espero que essas palavras tenham um efeito edificante na sua vida. Fiquem com Deus, até a próxima, se Deus permitir. Graça e paz!


Siga-me no Instagram. @crista.princesa21

LEIA MAIS